.

3 razões para investir em Marketing Político digital

#O mundo mudou

Desde as últimas eleições um fator decisivo para ser eleito é trabalhar bem o digital. Com o passar dos anos, a maneira de se fazer política tem mudado crucialmente, principalmente após a consolidação da internet e das redes sociais.

As redes funcionam como fórum de discussões, mas também como elemento que ajuda a pautar a grande mídia, ou seja, os assuntos do momento saem de lá e os candidatos que já perceberam este movimento estão na frente. A boa notícia é que nem todos aderiram ao plano digital, e esta é uma excelente oportunidade para começar.

A Internet não deve ser pensada hoje como mais um dos possíveis meios, mas como a mídia que é capaz de mudar o rumo de uma campanha política. Ela atua por convergir e integrar diversas mídias, segmentar públicos, concentrar audiências e gerar resultados. Mas principalmente atua como um ótimo e rápido canal de comunicação entre eleitores e candidatos.

#O eleitor mudou

O eleitor nunca esteve tão crítico. Uma vez que as formas tradicionais de publicidade já não estão surtindo os mesmos efeitos como em outros tempos, o eleitor não aceita e nem dá credibilidade às campanhas intrusivas. O velho discurso ficou enfraquecido.

Hoje, é necessário interagir, se envolver, engajar usuários. Novas formas de pensar a campanha política nunca foram tão necessárias. É preciso tirar o foco das difamações e ofensas e colocar em medidas práticas.

No lugar disso, conteúdo de qualidade é requisito básico. Seja por meio de vídeos, posts reflexivos, infográficos ou projetos futuros. As pessoas querem saber o que o candidato(a) pensa sobre os assuntos mais polêmicos da sociedade, sua bagagem política e como ele ou ela podem de fato fazer alguma coisa pra construir uma sociedade melhor.

# A forma de planejar campanhas mudou

Uma campanha de marketing político não se dá no curto prazo. Um dos erros mais comuns das campanhas políticas digitais é pensar que a simples presença na rede por si só já gerará os resultados desejados. O que mais foi visto nas últimas campanhas foi muito improviso e pouca estratégia.

 Primeiro, é necessário alinhar o discurso e descobrir qual é o nicho de eleitores que a sua campanha deseja priorizar para então pensar nas melhores formas de dialogar com este público.

O caminho é compreender qual o tipo de conteúdo certo, compreender como funciona o marketing de conteúdo, pensar em estratégias de e-mail marketing, montar um calendário editorial com conteúdos de vídeo, posts etc, estratégias para viralizar conteúdo, segmentação de público, uma equipe de marketing digital, mapear estratégias e principalmente acompanhar e mensurar resultados.

Indo um pouco mais além, que tal um bom trabalho de SEO para otimizar o hotsite da campanha? e por que não um aplicativo com as notícias mais recentes dos projetos que estão acontecendo?

Quando este conjunto de estratégias está alinhado, os resultados positivos e o salto na campanha são surpreendentes. A Plugin Web conta com um time de profissionais antenados com o mundo de hoje e sempre prontos para ajudar =)

Vivemos em um momento de crise política, mas mesmo assim não podemos esquecer que 2016  também é um ano para mudar esse panorama porque temos eleições municipais. Mais uma chance para mudar o rumo de muitas cidades, buscando novas formas de se fazer campanhas, discutir políticas e propostas, trabalhar o marketing político de forma a trazer soluções diferentes e aproximar o candidato ao seu eleitor na internet

.
LiveZilla Live Chat Software